side-area-logo

Delegação brasileira apresenta projetos para ampliação do modal ferroviário no Brasil

Delegação brasileira apresenta projetos para ampliação do modal ferroviário no Brasil

No terceiro dia de roadshow com o ministro Tarcísio Gomes de Freitas, o tema foi predominante durante as conversas com bancos e fundos de investimentos

Autorizações ferroviárias dominaram conversas no terceiro dia de roadshow

Crédito: Felipe Campos/MInfra

As ações do Governo Federal, por meio do Ministério da Infraestrutura, para ampliar a participação do transporte ferroviário na logística brasileira dominou as conversas no terceiro dia de roadshow da delegação brasileira em Nova Iorque (EUA). Em especial, o Marco Legal das Ferrovias, que criou o instrumento da autorização ferroviária, e o projeto da Ferrogrão.

Até agora, foram apresentados 14 pedidos para criação de linhas férreas em 12 unidades da Federação. Elas somam 5,3 mil quilômetros de extensão e aproximadamente R$ 80 bilhões de investimento privado. Já o projeto da ferrovia para ligar Sinop (MT) ao porto de Miritituba (PA) tem mais de 900 quilômetros de extensão, com aporte financeiro na casa dos R$ 8,4 bilhões.

“Há um interesse muito forte em empreender em infraestrutura no Brasil. E essa infraestrutura vai revolucionar nos próximos anos. O Brasil vai ser um país cada vez mais eficiente em termos de logística”, afirmou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

PRÓXIMAS AGENDAS – Nesta quinta-feira (7), a delegação brasileira, formada pelo ministro Tarcísio, pela secretária de Fomento, Planejamento e Parcerias do MInfra, Natália Marcassa, pela secretária especial do Programa de Parcerias de Investimento do Ministério da Economia, Martha Sellier, e representantes da Apex, do BNDES e do Ministério das Relações Exteriores vai se reunir com investidores da Artisan, Tarsadia, Compass Group e GIC. O roadshow na cidade americana vai até a sexta-feira (8).

Assessoria Especial de Comunicação
Ministério da Infraestrutura

Paulo Menzel

×