side-area-logo

Governo Federal entrega transposição da ferrovia EF-40, no centro de Juiz de Fora (MG)

Governo Federal entrega transposição da ferrovia EF-40, no centro de Juiz de Fora (MG)

Inaugurado nesta quarta pelo ministro Tarcísio Gomes de Freitas e está liberado ao trânsito, viaduto garante segurança à população no centro da cidade mineira

Ministro inaugurou a transposição urbana de Juiz de Fora

Transposição faz parte de um conjunto de soluções para a região central da cidade – Crédito: DNIT/Divulgação

Avança o conjunto de intervenções viárias que é feito no centro de Juiz de Fora (MG) para assegurar a passagem dos trens de carga pelas vias urbanas com total segurança à população. Na tarde desta quarta-feira (1º), o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, inaugurou o viaduto Helio Fádel Araujo, que faz a transposição da ferrovia EF-40, acabando com mais um ponto de interferência da passagem do trem.

“Esse viaduto faz parte de um conjunto de oito obras de artes especiais no centro de Juiz de Fora. São três pontes, já concluídas, e cinco viadutos, sendo esse o terceiro entregue. Então, estamos completando seis obras prontas e já à disposição da população”, afirmou o ministro.

Tarcísio destacou que o projeto nasce da cooperação entre a prefeitura de Juiz de Fora e o Governo Federal, por meio do Ministério da Infraestrutura (MInfra) e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). E louvou a parceria da iniciativa privada para melhorar a mobilidade no município, de forma intermodal: a empresa de logística MRS, que administra a EF-40, forneceu o projeto do novo elevado à prefeitura.

A obra

Foram investidos R$ 96 milhões na estrutura, sendo 80% recursos públicos federais e 20% do Executivo municipal. O objetivo dessa intervenção é eliminar a travessia em nível do trecho urbano que cruza a EF-040, visando aumentar a segurança do tráfego entre veículos urbanos, trens e pedestres.

Conforme o DNIT, o viaduto cria uma opção de ligação entre as avenidas Francisco Bernardino e Brasil. As linhas de ônibus foram redirecionadas ao elevado, garantindo mais fluidez à passagem de carros na Avenida Rio Branco, no trecho do Mergulhão. As melhorias também serão sentidas em toda a avenida Francisco Bernardino e nas ruas Benjamin Constant e Floriano Peixoto. O trânsito no local já está liberado.

Segurança viária

Os investimentos no centro de Juiz de Fora não param por aí. Durante a inauguração desta tarde, foi lançado o edital de licitação do quarto elevado previsto na série de intervenções. Ele será erguido na Rua Benjamin Constant. Em breve, o projeto deve ser concluído com a construção da última estrutura: o viaduto Mariano Procópio, voltado à melhoria do tráfego na Avenida dos Andradas/bairro Morro da Glória.

As obras de Juiz de Fora fazem parte do Programa Nacional de Segurança Viária em Áreas Urbanas (Prosefer), coordenado pelo DNIT. Com base em informações relacionadas a acidentes e fluxo de carga, são realizados estudos e pesquisas para definir ações e intervenções necessárias ao aumento da segurança e à melhoria nas operações ferroviárias em locais de interferência com áreas urbanas. Com isso, as condições de transporte e mobilidade na região são melhoradas significativamente.

Além do ministro Tarcísio Gomes de Freitas, participaram da programação em Juiz de Fora o secretário Nacional de Transportes Terrestres, Marcello Costa, e o diretor de Infraestrutura Ferroviária do DNIT, Jean Carlo Trevizolo.

Com informações da Coordenação-Geral de Comunicação Social do Dnit

Assessoria Especial de Comunicação
Ministério da Infraestrutura

Paulo Menzel

×