side-area-logo

Andali S/A e Rumo inauguram terminal de fertilizantes em Goiás

Andali S/A e Rumo inauguram terminal de fertilizantes em Goiás

Infraestrutura recebeu investimento de R$160 milhões e movimentará mais de 1,5 milhão de toneladas de fertilizantes por ano.

A Andali S/A, joint venture formada pelas empresas CHS Agronegócios, BRFértil Fertilizantes e holdings fundadoras, e a Rumo, maior operadora de ferrovias do Brasil, inauguraram no dia 09 de agosto (terça-feira), um terminal ferroviário de transbordo e uma misturadora de fertilizantes em Rio Verde (GO). Com a nova infraestrutura, será possível a movimentação de fertilizantes a partir do Porto de Santos até Goiás, por meio da Malha Central — Ferrovia Norte-Sul— administrada pela concessionária. Com investimentos de R$160 milhões por parte da Andali S/A, o empreendimento amplia a capacidade operacional da empresa na região Centro-Oeste, reduzindo custos na cadeia de fertilizantes e gerando avanços na logística do agronegócio brasileiro.

O terminal, responsável pela geração de mil empregos diretos e indiretos, será o principal ponto de movimentação de fertilizantes da Malha Central. A estimativa é que sejam movimentadas mais de 1,5 milhão de toneladas via ferrovia e misturadas mais de 750 mil toneladas do produto por ano para os players da região, entre eles a CHS, que já é parceira da Rumo na movimentação de grãos, e a BRFértil Fertilizantes. A capacidade total de recebimento é de até 3,5 milhões de toneladas por ano, o que garante uma operação eficiente diante de um potencial crescimento do mercado na região.

—A Andali é uma parceira estratégica e valiosa para o crescimento e fornecimento de fertilizantes da CHS — diz o diretor de Unidades de Negócios da CHS Brasil e atual presidente do Conselho de Administração da Andali S/A, Anderson Cavaco. —O potencial da Andali em fornecer à CHS serviços de logística e mistura com eficiência, qualidade e competitividade dará maior sustentabilidade aos serviços oferecidos pela CHS aos nossos clientes-produtores que poderão utilizar na sua estratégia de demanda e gestão de riscos, gerando também maior oportunidade na cadeia de valor em utilizar seus grãos para aquisição de fertilizante de maneira antecipada—.

Aluisio Teixeira, CEO da BRFértil Fertilizantes e conselheiro da Andali S/A, menciona que —o investimento em um projeto desta magnitude demonstra o potencial do agronegócio brasileiro. A logística integrada é certamente um desafio e fator determinante no impulsionamento de novos negócios. Investimentos como este nos dão a certeza de que seremos muito mais competitivos da porteira para fora das fazendas, gerando ganhos ao produtor rural—.

— Estamos muito satisfeitos pela parceria com a Rumo e com a construção deste projeto inovador, em que uma operação bandeira branca possui um transbordo ferroviário e uma misturadora de fertilizantes dentro do mesmo site— afirma Rafael Vaccari Gonçalves, diretor -presidente da Andali S/A. —Este projeto permitirá que os nossos clientes entreguem fertilizantes com o custo mais competitivo para o estado de Goiás e porção importante do estado de Mato Grosso—.

O acordo entre as empresas prevê que a Andali será responsável pela operacionalização e gestão de toda a infraestrutura do terminal de fertilizantes, já a Rumo responderá pelo transporte dos produtos a partir do Porto de Santos com destino a Rio Verde.

Rota estratégica — O montante investido pela Andali no projeto compreende os armazéns, equipamentos de mistura e descarga, prédios de descarga e limpeza de vagões, desvio ferroviário, prédios industriais complementares e prédios administrativos. A maior parte do recurso foi captado através de uma operação no mercado de capitais, com a emissão de uma série de debêntures e um CRI. —O terminal é um passo importante nesta parceria para desenvolvermos um eficiente ponto de movimentação de fertilizantes na região— diz o vice-presidente comercial da Rumo, Pedro Palma. —O apoio da prefeitura de Rio Verde no desenvolvimento do projeto tem sido fundamental para que tenhamos aqui o principal terminal desse tipo de carga ao longo da Malha Central—.

A cidade foi escolhida pela sua posição geográfica estratégica na rota do agronegócio. Rio Verde será o principal polo de escoamento de grãos, insumos e fertilizantes, atendendo toda a região, além de contar com mão de obra especializada. O local escolhido para a construção do terminal de fertilizantes foi o complexo Rodoferroviário de Rio Verde. Esse terminal oferece complementaridade ao terminal de grãos, também instalado no local, oferecendo uma solução logística mais competitiva para as regiões de influência.

Bandeira branca, o novo terminal tem vocação para descarga e transbordo ferroviário e contará também com os serviços de mistura —industrialização—, armazenagem, descarga rodoviária e carregamento a granel. Será operado em regime de pool, o que reduz custos e eleva a produtividade do transporte e do terminal.

Obra, investimento e contrato — O trecho total concessionado da Rumo tem 1.537 quilômetros, ligando Porto Nacional (TO) a Estrela D’Oeste (SP), o investimento já realizado pela Rumo já chega a R$ 711 milhões , e o investimento que está sendo feito pela Andali no terminal em Rio Verde é de R$ 160 milhões. O contrato de concessão é de 30 anos, não prorrogável.

CHS Inc. — CHS Inc. (chsinc.com) é uma empresa líder em agronegócio de propriedade de fazendeiros, pecuaristas e cooperativas nos Estados Unidos. Diversificada em energia, agronomia, grãos e alimentos, a CHS está comprometida em criar conexões para fortalecer a agricultura, ajudando seus proprietários agrícolas, clientes e outras partes interessadas a desenvolver seus negócios por meio de suas operações domésticas e globais. A CHS fornece energia, nutrientes agrícolas, sementes, produtos de proteção à cultura, serviços de comercialização de grãos, serviços agrícolas e de produção, produtos de nutrição animal, alimentos e ingredientes alimentares e serviços de gestão de risco. A empresa opera refinarias de petróleo e dutos, também fabrica, comercializa e distribui combustíveis refinados da marca Cenex®, lubrificantes, propano e produtos de energia renovável.

Andali S/A — Com 23 anos de história, a Andali S/A tem como acionistas a CHS Agronegócios (50%), a BRFértil Fertilizantes (26,5%) e as holdings fundadoras (23,5%), e presta os serviços de mistura (industrialização), armazenagem, carregamento a granel e descarga, nos modais ferroviário e rodoviário, além de atuar em soluções relacionadas ao segmento de fertilizantes. Atualmente, possui um terminal dentro do complexo intermodal de Rondonópolis (MT) com capacidade para misturar 900 mil toneladas por ano e armazenar 270 mil toneladas estáticas.

BRFértil — A BRFértil se apresenta como uma opção comercial inteligente e comprometida em assessorar o produtor no incremento de eficiência, produtividade e agilidade indispensáveis para o sucesso da produção agrícola. Empenhada na inovação contínua de produtos e serviços, está sempre junta dos clientes e imbuída do propósito de nutrir plantas para alimentar pessoas e impulsionar negócios, contribuindo diretamente com crescimento do agronegócio brasileiro. Seu know-how está focado em entender e atender as necessidades dos clientes no momento ideal de tomada de decisão na aquisição desses insumos.

Rumo — Somos o Brasil em movimento. Maior operadora ferroviária do país, a Rumo é a empresa resultante da fusão entre Rumo Logística e ALL – América Latina Logística, concluída em 2016. Conectamos o Brasil através do transporte ferroviário, atuando em portos e terminais.

Com aproximadamente 13.500 Km de linhas ferroviárias, 1.200 locomotivas e 33.000 vagões atuamos nas regiões centro-oeste, sul, sudeste e norte, onde quatro dos portos mais ativos do país estão localizados e através dos quais a maior parte da produção de grãos do Brasil é exportada.

Operamos também centros de distribuição, instalações de armazenamento e terminais de transbordo tanto diretamente quanto em regime de parceria, com capacidade de armazenagem estática de aproximadamente 900 mil toneladas. Além disso, controlamos dois terminais em Santos e temos participação em quatro terminais portuários, três deles localizados no porto de Santos (SP) e um localizado no estado do Paraná. Dentre tais ativos, destaca-se o complexo logístico de Rondonópolis (MT), com capacidade de carregamento mensal de mais de 1 milhão de toneladas. Os terrenos que arrendamos no âmbito das nossas concessões incluem áreas disponíveis para construção e desenvolvimento de armazéns e terminais logísticos, o que possibilita uma expansão ainda maior das operações, bem como o aperfeiçoamento de nossa logística e outros serviços.

Acreditamos que nossa base de ativos nos coloca em uma posição de destaque na prestação de serviços de transporte a clientes de diversos setores e, principalmente, de commodities agrícolas, o que nos tornou um dos principais prestadores de serviços de logística do setor agrícola no Brasil. Isto se torna ainda mais relevante ao considerar que este tipo de serviço é de suma importância ao desenvolvimento e crescimento do país, tendo em vista que o Brasil é um dos principais produtores e exportadores de produtos agrícolas do mundo.

A Rumo S.A. (“RAIL3”) está listada na B3 desde 2015, no mais alto nível de governança corporativa “Novo Mercado”.

http://www.revistafatorbrasil.com.br/ver_noticia.php?not=422385

Paulo Menzel

×