side-area-logo

CCR ViaSul: Freeway é a 7ª melhor rodovia do Brasil

CCR ViaSul: Freeway é a 7ª melhor rodovia do Brasil

Também sob administração da Concessionária, BR-101 gaúcha aparece no 11º lugar de todo o país

A Freeway é uma rodovia top 10 do Brasil. É o que mostrou pesquisa da Confederação Nacional do Transportes (CNT) divulgada na última semana, que incluiu, ainda, o trecho da BR-101 no Rio Grande do Sul entre as 15 melhores rodovia do país. Ambas, juntamente com as BRs 386 e 448 são administradas pela CCR ViaSul.

Em contrapartida, o resultado geral da pesquisa apresentou queda na qualidade considerando nível Brasil, o que dá ainda mais destaque ao feito atingido pelas rodovias gaúchas.

Para chegar ao resultado, a pesquisa levou em consideração três aspectos: pavimento, sinalização e geometria da via. Juntos, os índices revelam o estado geral da rodovia. Nesse quesito, a BR-448 permaneceu com a classificação de ótima. Já a BR-101 e a Freeway evoluíram e passaram de boas em 2021 para ótimas agora em 2022, de acordo com a pesquisa.

Já a BR-386, também sob administração da CCR ViaSul no trecho entre Canoas e Carazinho, segue considerada como boa, sendo o trecho entre Lajeado e Estrela classificado como ótimo.

“O resultado é a comprovação de todo o trabalho que fizemos e continuamos realizando em todo o trecho da concessão. Seguimos agora com o objetivo de tornar a Freeway a melhor rodovia do Brasil, oferecendo cada vez mais serviços de excelência e qualidade no padrão do Grupo CCR, 24 horas por dia”, destaca o gerente de Operações da CCR ViaSul, Diogo Stiebler.

Ainda segundo ele, o destaque obtido pela Freeway serve como referência para aplicação no modelo também na BR-101. “Mesmo considerando as características próprias de cada rodovia, a prestação de atendimento e realização de serviços seguem os praticados”.

Desde que assumiu a Concessão no Rio Grande do Sul a Concessionária já investiu mais de R$ 1 bilhão nas rodovias sob sua administração. Entre as principais melhorias na Freeway estão a construção do conjunto de cinco novos acessos, com o objetivo de melhorar a fluidez do tráfego e mobilidade urbana na região metropolitana de Porto Alegre, nos municípios de Cachoeirinha, Gravataí, Santo Antônio da Patrulha e Osório. Já na BR-101, destaque para a implantação de seis novas passarelas localizadas em Osório, Terra de Areia, Maquiné e Torres.

A CCR ViaSul é responsável pela administração, conservação, ampliação e operação de 473,4 quilômetros de rodovias no Rio Grande do Sul, conectando pontos de maior relevância econômica no Estado. A concessão passa por 36 municípios, distribuídos em quatro trechos: BR 290 (Freeway) – 98,1 kms entre Osório e Porto Alegre; BR 101 – 87,9 kms entre Osório e Torres; BR 386 – 265,8 kms entre Canoas e Carazinho e BR 448 – 21,6 kms entre Porto Alegre e Sapucaia do Sul. A concessionária responde, ainda, pela operação do vão móvel da ponte do Guaíba.

Pesquisa CNT de Rodovias

Realizada desde 1995, a Pesquisa se consolidou ao longo dos anos como uma importante ferramenta de avaliação das condições da malha rodoviária no Brasil, no âmbito federal e estadual, sob gestão pública ou concedida.

Assessoria de Imprensa

51 9 8053.8132
Sobre a CCR ViaSul:
A CCR ViaSul é responsável pela administração, conservação, ampliação e operação de 473,4 quilômetros de rodovias no Rio Grande do Sul, conectando pontos de maior relevância econômica no Estado. A concessão passa por 36 municípios, distribuídos em quatro trechos: BR 290 (Freeway) – 98,1 kms entre Osório e Porto Alegre; BR 101 – 87,9 kms entre Osório e Torres; BR 386 – 265,8 kms entre Canoas e Carazinho e BR 448 – 21,6 kms entre Porto Alegre e Sapucaia do Sul. A concessionária responde, ainda, pela operação do vão móvel da ponte do Guaíba.

Paulo Menzel

×