side-area-logo

Boeing 717 é o modelo escolhido pela iniciante Ecuatoriana Airlines

Boeing 717 é o modelo escolhido pela iniciante Ecuatoriana Airlines

A nova empresa Ecuatoriana Airlines emitiu um comunicado no domingo em que parabenizou o governo após as eleições presidenciais e deu informações novas sobre seu plano de iniciar operações. Algumas novidades, como o plano de frota, também vieram a ser conhecidas.

Apesar de já ter divulgado sua logomarca, o branding e identidade visual das aeronaves ainda não foi revelado. No entanto, a empresa comenta que apresentará suas novas cores na quinta-feira, 29 de abril de 2021. O evento será 100% virtual e público através das mídias sociais.

“É um prazer dizer que estamos avançando muito, convencidos de que o país precisa revolucionar para sempre a sua aviação. Apesar da atual situação de crise global de saúde, continuamos a trabalhar gerando produtos como o “Clube dos Fundadores” com apenas 10.000 lugares, o “Clube dos Embaixadores” o nosso programa de passageiro frequente e a nossa “Boutique Ecuatoriana” com os melhores produtos. Isso e muito mais informaremos em detalhes o dia do lançamento de nossa identidade corporativa em 29 de abril”, disse a empresa.

Da mesma forma, a companhia segue na direção de conquistar sua certificação e obter o COA, enquanto busca pelas aeronaves com as quais iniciará suas operações.

E talvez aqui resida a grande novidade, sobretudo porque a empresa optou por aeronaves do modelo Boeing 717-200, um jato bimotor com capacidade para 115 passageiros configurados em três classes de serviço, fabricado até 2006. Na nota, a empresa cita que “graças ao seu desempenho operacional, o 717 se encaixa perfeitamente na geografia do Equador e da região”.

A origem dos jatos não foi divulgada.

Além disso, o plano da companhia inclui operar com o turboélice Dash 8-Q400 no mercado interno e também em alguns voos internacionais. O Dash 8-Q400 tem capacidade para até 78 passageiros em uma configuração de duas classes de serviço, sendo ideal para voos domésticos de curta distância com menos de 1,5 horas de duração.

Fonte: Aeroin

Paulo Menzel

×