side-area-logo

Lucro da CCR dispara 137% no 1º tri com itens extraordinários, mas receitas caem

Lucro da CCR dispara 137% no 1º tri com itens extraordinários, mas receitas caem

Por Reuters

Rodovias Dutra-CCR
No relatório de resultados, a companhia apontou recuperação do tráfego nas rodovias que administra (Imagem: WikiaMedia Commons)

CCR (CCRO3) teve um salto no lucro do primeiro trimestre, apoiada em receitas extraordinárias oriundas de um aditivo com o governo paulista, mas os resultados foram menores em bases comparáveis, ainda refletindo os efeitos das restrições de circulação impostas para conter a pandemia de Covid-19.

A operadora de concessões de rodovias, aeroportos e de mobilidade urbana informou nesta quinta-feira que seu lucro líquido de janeiro a março somou 688,9 milhões de reais, aumento de 137,8% sobre um ano antes. Excluindo efeitos extraordinários, o lucro somou 126 milhões de reais, queda de 56,5% ano a ano.

No relatório de resultados, a companhia apontou recuperação do tráfego nas rodovias que administra. Na comparação ano a ano, o fluxo de veículos teve crescimento de 1,7%. Porém, o movimento de passageiros em aeroportos e operações como metrô seguiram cerca de 50% menores do que antes da pandemia.

“Nossa avaliação é de que o pior já ficou para trás”, disse à Reuters a superintendente de relações com investidores da CCR, Flávia Godoy. Segundo ela, no entanto, a recuperação do tráfego nas concessões de aeroportos e de mobilidade deve ser um pouco mais lenta, acompanhando o avanço da vacinação.

Paulo Menzel

×