side-area-logo

Montes Claros vai ganhar megadistrito rodoferroviário industrial

Montes Claros vai ganhar megadistrito rodoferroviário industrial

Será instalado em Montes Claros, no Norte de  Minas, um megadistrito rodoferroviário industrial, com a previsão de investimentos da ordem de R$ 750 milhões e a perspectiva de gerar 900 empregos. A empresa responsável pelo empreendimento, a Confiança Incorporações, assinou um acordo com a Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior de Minas Gerais (Indi), vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede).

Com o investimento, Montes Claros contará com um empreendimento logístico imobiliário com terminal intermodal. Ou seja, com escoamento facilitado de mercadorias, tanto por rodovias quanto por ferrovias. A expectativa é que o empreendimento venha ampliar significativamente o potencial de atração de empresas na região.

De acordo com o termo assinado, o projeto tem início de implantação previsto para março de 2021. O início das operações deverá ocorrer em novembro do  ano que vem.

De acordo com o  presidente da Confiança, Jarbas Soares, o complexo possui 3.745 metros quadrados e terá capacidade para receber mais de 100 empreendimentos de diferentes áreas. Segundo ele, a primeira empresa já está em fase de instalação: uma usina fotovoltaica do grupo Fortleve, com previsão de ser inaugurada em fevereiro de 2021.

É com muita satisfação que anunciamos mais esse investimento no Norte de Minas. Nossa gestão está focada em diversificar a economia, fazer do Estado um lugar atraente para quem quer gerar empregos e transformar Minas Gerais, cada vez mais, em um grande hub logístico, destacou o  o governador Romeu Zema.

O empresário Jarbas Soares lembrou que Montes Claros é o segundo maior entroncamento rodoviário do Brasil. Ele destacou a possibilidade de escoamento de mercadorias para cidades de todo o país e para o mundo, pelo Porto de Vitória, no Espírito Santo. Além do acesso facilitado – no modal ferroviário -, a Ferrovia de Integração Oeste-Leste, a Fiol, vai conectar a divisa de Minas com a Bahia e já estão com as obras em curso.

O novo empreendimento terminal intermodal contará com acesso a algumas das principais rodovias nacionais que cortam a cidade-polo do Norte de Minas: a BR 135 (ligação com Belo Horizonte), BR-251, ligação com a Rio-Bahia (BR 116) e usada por veículos que fazem o transporte de cargas do Centro/Sul para o Nordeste e a BR 365, ligação com o Triângulo Mineiro e São Paulo.

Fonte: APP

Paulo Menzel

×