side-area-logo

Portos na Região de Valparaíso com alta na movimentação de cargas de 4,7% em março de 2021, diz INE

Portos na Região de Valparaíso com alta na movimentação de cargas de 4,7% em março de 2021, diz INE

Da mesma forma, os contêineres movimentados apresentaram aumento de 13,3%.

De acordo com informações do Instituto Nacional de Estatística (INE), o total de cargas mobilizadas e movimentadas nos portos da região de Valpraíso, no Chile durante o mês de março foi de 4,74 milhões de toneladas, registando um avanço de 4,7% e em relação ao mês anterior, registrou decréscimo de 0,24 milhão de toneladas, o que representou queda de 4,7%.

Em relação ao acumulado em 2021, foram movimentadas na Região Valparaíso um total de 13,99 milhões de toneladas de cargas, montante que registrou variação positiva de 12,2% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Cobrança Efetiva — A carga total embarcada foi de 1,65 milhão de toneladas, aumento de 3,9% em relação ao mesmo período do ano anterior. Na comparação com o mês anterior, a carga total embarcada apresentou variação positiva de 7,1%, equivalente a 0,11 milhão de toneladas a mais.

Já as cargas embarcadas para o exterior registraram 1,32 milhão de toneladas, valor que registrou aumento de 4,1% em relação a março de 2020. Enquanto, em relação ao mês imediatamente anterior, avançou 23,0%, somando 0,25 milhão de toneladas. Já os serviços de cabotagem embarcada totalizaram 0,33 milhão de toneladas, valor que cresceu 3,3% em relação ao mesmo mês de 2020.

Em relação à carga total desembarcada, ela registrou 3,04 milhões de toneladas, marcando um aumento de 8,1%, o que significou um avanço de 0,23 milhão de toneladas em relação ao mesmo mês de 2020. Em relação ao mês imediatamente anterior, a carga total desembarcada registrou uma queda de 10,6%, o que se traduziu em 0,36 milhão de toneladas a menos.

Por outro lado, os desembarques do exterior somaram 3,0 milhões de toneladas, valor que cresceu 10,6% em relação ao mesmo mês de 2020, somando 0,29 milhão de toneladas.

A carga desembarcada de cabotagem movimentou 0,04 milhão de toneladas no mês de março, recuando 58,7% na comparação anual.

Em relação às cargas movimentadas, foram movimentadas 0,05 milhão de toneladas no mês de março, queda de 58,6%. Na comparação com fevereiro de 2021, a carga movimentada registrou variação positiva de 43,3%, representando um aumento de 0,02 milhão de toneladas.

Tipos de carga — Em relação ao total correspondente ao comércio exterior, as cargas conteinerizadas representaram 51,2%, atingindo 2,21 milhões de toneladas, registrando variação positiva de 18,9%, que se traduziu em 0,35 milhão de toneladas a mais, na comparação com igual mês do ano anterior. Em relação ao total de cargas conteinerizadas, 47,0% corresponderam a exportações, equivalentes a 1,04 milhão de toneladas, enquanto os demais 53,0% corresponderam a importações, registrando 1,17 milhão de toneladas no período.

As demais cargas movimentadas juntas atingiram um total de 2,10 milhões de toneladas, o que equivale a 48,8% do comércio exterior total, com queda de 0,5%, chegando a um decréscimo de 0,01 milhão de toneladas em relação à registrada em março de 2020. No acumulado para o ano atingiu 6,20 milhões de toneladas, valor que cresceu 8,9% em relação ao registrado em 2020.

A carga correspondente a granéis líquidos gasosos registrou 0,99 milhão de toneladas, constituindo 22,8% do comércio exterior, registrando variação negativa de 0,1%.

En tanto, la carga correspondiente a graneles sólidos , alcanzó 0,79 millones de toneladas, representando el 18,2% de lo movilizado, registrando un descenso de 2,1%, restando 0,02 millones de toneladas en comparación al mismo período del ano anterior.

Por fim, a carga solta ou geral totalizou 0,33 milhão de toneladas e representou 7,7% do comércio exterior, crescendo 2,0% (0,01 milhão de toneladas a mais) em relação ao mesmo período do ano anterior.

Contêineres mobilizados por portos — Em março de 2021, os contêineres mobilizados e movimentados pelos portos da região atingiram 240.485 TEUs, crescendo 13,3% em relação ao mesmo período do ano anterior, o equivalente a um acréscimo de 28.168 TEUs em relação a março de 2020, os contêineres de 40 pés registrados uma variação positiva de 13,4%, somando 12.452 unidades. Já os contêineres de 20 pés cresceram 12,3%, o equivalente a mais 3.264 unidades.

Em relação ao acumulado de 2021, os contêineres atingiram um total de 681.048 TEUs, equivalente a um aumento de 10,9%. Os contêineres de 40 pés apresentaram variação acumulada positiva de 12,7%, enquanto os contêineres de 20 pés registraram acréscimo acumulado positivo de 0,2%. | MundoMarítimo

Paulo Menzel

×