side-area-logo

Trina solar faz acordos, cria nova joint venture e programa aquisições para ampliar força no mercado de energia solar

Trina solar faz acordos, cria nova joint venture e programa aquisições para ampliar força no mercado de energia solar

A Trina Solar, uma das empresas líderes em tecnologia fotovoltaica e fornecimento de soluções de energia inteligente, assinou acordos que vão ampliar o fornecimento de vidro para a fabricação de painéis solares e expandir a produção de módulos de 210 milímetros. O primeiro acordo foi fechado entre a Trina Solar e a Changzhou Almaden  para a compra de 85 milhões de metros quadrados de vidro fotovoltaico da Almaden.

O valor total estimado do contrato é de cerca de R$ 1,7 bilhão e vai até 31 de dezembro de 2022. Essa compra de vidro fotovoltaico será usada principalmente para a produção de painéis de alta potência Vertex. Os módulos dessa série são baseados em wafers de silício de 210 milímetros e adotam tecnologias avançadas, como multibarramento, corte não destrutivo e interconexão de alta densidade. Eles são caracterizados por baixa tensão e alta potência para melhorar o desempenho de resistência a fissuras e pontos quentes, além de reduzir os custos do por KWh.

Chen Ye(foto principal), vice-presidente assistente de gerenciamento da cadeia de suprimentos de compras da Trina Solar, disse que a cooperação pode aumentar ainda mais a produção de módulos e atender melhor às necessidades dos clientes. Zhou Mingxing, gerente-geral da Almaden Solar Glass Division, destacou a parceria com a Trina: “Forneceremos produtos de qualidade, na quantidade necessária e em tempo hábil, e esperamos continuar a aprofundar a cooperação com a Trina Solar no futuro.”

O segundo acordo aumenta a colaboração da Trina Solar com a Tongwei. A cooperação inclui três investimentos e um acordo-quadro de aquisição e cooperação de longo prazo. A Trina Solar assinou uma joint venture com a Sichuan Yongxiang  e a Tongwei Solar  para investir em conjunto em uma empresa que tem uma produção anual de 40 mil toneladas de silício de alta pureza, além de produção anual de até 15 GW em potência, corte de wafers e células cristalinas de silício de alta eficiência. O investimento total é de aproximadamente R$ 12,5 bilhões. Gao Jifan, presidente da Trina Solar, disse que as duas empresas, líderes do mercado, focaram sua atenção e colaboração nos produtos de 210 milímetros: “Empreendimentos conjuntos e colaborações entre players-chave que se complementam são muito mais vantajosos do que apenas simples integrações verticais.”

Em termos de aquisições, a Trina Solar planeja adquirir, entre janeiro de 2021 e dezembro de 2023, a Sichuan Yongxiang Polysilicon, Sichuan Yongxiang New Energy, Inner Mongolia Tongwei High Purity Crystal Silicon e a Yunnan Tongwei High Purity Crystal Silicon, todas da Tongwei. Essas aquisições equivalerão a um total de 72 mil toneladas em produtos de silício.

Fonte: Petro Notícias

Paulo Menzel

×