side-area-logo

Hapag-Lloyd encomenda 150 mil TEU de contêineres padrão e refrigerados para 2021

Hapag-Lloyd encomenda 150 mil TEU de contêineres padrão e refrigerados para 2021

Os investimentos somam cerca de US$ 550 milhões, um dos maiores pedidos de contêineres da história da Hapag-Lloyd

A Hapag-Lloyd está aumentando mais uma vez o investimento em sua frota de contêineres à luz da situação atual semelhante ao que a empresa de transporte de contêineres fez em 2020 em sua resposta inicial à pandemia. Isso porque hoje precisa de muito mais do que o número normal de contêineres para transportar o mesmo volume porque os contêineres estão voltando em ritmo mais lento.

A linha de transporte de contêineres encomendou 150 mil TEU da China — caixas secas e contêineres refrigerados de última geração. TEU significa Twenty feet Equivalent Unit ou em português: unidade equivalente a um contêiner de 20 pés. Algumas das caixas já foram entregues à Hapag-Lloyd e integradas à sua frota de contêineres existente no primeiro trimestre de 2021, mas a maioria delas deve ser entregue nos próximos meses. Além disso, a Hapag-Lloyd encomendou 8.000 TEU de contêineres especiais para serem usados em mercadorias superdimensionadas ou perigosas.

— A indústria de transporte marítimo de contêineres está tendo uma demanda sem precedentes, o que levou à escassez de contêineres em todo o mundo. Com seus recentes pedidos de contêineres, a Hapag-Lloyd está contribuindo com os esforços para amenizar a situação atual e será capaz de oferecer aos seus clientes um serviço muito melhor — disse Rolf Habben Jansen, CEO da Hapag-Lloyd.

Os investimentos somam cerca de US$ 550 milhões, tornando-se um dos maiores pedidos de contêineres da história da Hapag-Lloyd.

Paulo Menzel

×